O Que os Ciclistas Profissionais Comem?

Compartilhe:

Aprenda como os ciclistas profissionais se alimentam para impulsionar seu desempenho no ciclismo, gerenciar seu peso e melhorar sua saúde.

Foto: Graham Watson

Nutrição tem um papel enorme para um bom desempenho no ciclismo. Isso influencia a quantidade de energia que você tem que realizar na bicicleta e como você se recupera após o treinamento.

A comida é tão importante que as equipes profissionais de ciclismo empregam seus próprios chefs e nutricionistas para garantir que os ciclistas estejam obtendo exatamente o que precisam para cada refeição e enquanto pedalam.

Hannah Grant, autora do The Grand Tour Cook Book e ex-chef da equipe profissional de ciclismo Tinkoff-Saxo, explica: “Quando você consome de 4.000 a 6.000 calorias ao longo do dia, é fácil se satisfazer comendo o que quiser. Mas os ciclistas profissionais devem ser profissionais 24 horas por dia. A capacidade de desempenho de um corpo a longo prazo depende do que os ciclistas comem.”

O que comer e quando

Antes do treino

Quando chega a manhã, pode ter sido 12 horas desde a sua última refeição, e durante a noite seu corpo consumiu “combustível” para reparar seus músculos e fornecer glicose para o cérebro. Quando se trata de perda de peso, as pessoas que comem café da manhã, em seguida, passam a comer menos calorias durante o dia e são mais propensas a ter um peso saudável.

O objetivo é incluir carboidratos de liberação lenta, uma fonte de proteína e pelo menos uma fruta ou vegetal para aumentar o perfil nutricional do seu dia.

Veja também:  Sam Bennett Antecipa Chegada E Vence No Giro de Itália

Mesmo se você estiver com pressa, há uma abundância de café da manhã rápido que pode ser comido em qualquer lugar, o mais simples deles é a bebida smoothie.

Três tipos cafés da manhã

  1. Mingau de leite ou soja com frutas vermelhas, banana e sementes mistas;
  2. Ovo mexido com torradas integrais e tomate grelhado;
  3. Smoothie feito com banana, manteiga de nozes, leite e aveia.
Smoothies de sabores variados

Durante o treino

Se você estiver pedalando por mais de uma hora, precisará consumir carboidratos extras. A maneira mais fácil de fazer isso é com bebidas esportivas, barras e géis. No entanto, alimentos naturais, como bananas e frutas secas também são ricos em carboidratos.

Seu objetivo é consumir 60g de carboidrato por cada hora de exercício. É importante não comer mais do que você precisa, pois seu estômago vai ter dificuldades para digeri-lo durante o exercício e isso pode provocar náuseas ou dores de estômago.

Duas maneiras de comer 60g de carboidratos

1 x banana, 1 x 500ml de bebida energética, 1 x barra de cereal
6 x frutas secas, 1 x 500ml de bebida energética

Depois do treino

Quando você terminar de pedalar, sua prioridade deve ser repor a energia gasta para que o glicogênio muscular armazenado seja reabastecido e forneça proteína adequada para o reparo muscular. Sua refeição precisa conter de 20-40g de proteína e cerca de 60-80 gramas de carboidratos.

É uma boa idéia adicionar muitos vegetais à sua refeição de recuperação, tanto para aumentar a ingestão de carboidratos quanto para garantir uma ampla variedade de nutrientes e fibras suficientes para a saúde intestinal.

Três tipos de refeições para recuperação

  1. Batata assada com atum e salada;
  2. Peito de frango, arroz e legumes;
  3. Smoothie com manteiga de amendoim, iogurte, banana, sementes de chia e frutas frescas.
Veja também:  Cafeína e Desempenho No Ciclismo
Compartilhe: